“Apesar dos grandes esforços feitos por nós, os atrasos no processo de aprovação forçaram-nos a ter em conta outros planos, pois não estamos em condições de realizar este projeto”, refere a empresa num comunicado.

O projeto e o investimento envolvido foram anunciados em 2015, mas a empresa norte-americana tem vindo a aguardar por uma decisão do Tribunal, pois há um contencioso com os ecologistas que defendem a preservação da floresta onde se situaria o centro de dados da Apple.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.