O Dia Mundial da Terra foi celebrado a 22 de abril e os apaixonados por sustentabilidade e veganismo tiveram também a oportunidade de se apaixonar por alguém com gostos semelhantes. A aplicação de encontros amorosos Tinder está a lançar um novo interesse "à base de plantas" (ou seja: uma das opções de selecionadas pelos utilizadores para que se conectem com outros utilizadores com gostos semelhantes dentro da app) e arranjou uma forma inovadora de promover isso.

Depois de perceber que havia cada vez mais utilizadores com interesse em alimentação vegan, o Tinder fez uma pareceria com a Beyond Meat (uma marca de alimentação à base vegetal). Os primeiros 500 users dos Estados Unidos a combinarem o interesse "à base de plantas" e adicionarem o feito ao seu perfil receberam um pacote de piquenique com vários brindes e um voucher com produtos da Beyond Meat. Uma ideia, no mínimo, deliciosa.

A aplicação de encontros amorosos relata que muitas das mulheres que usam o serviço apontam a alimentação vegan e vegetariana como uma das características mais "atraentes" para um possível match (correspondência entre duas pessoas hétero ou homossexuais no Tinder). Aliás, este tema está entre uma das 10 principais "paixões", nome dado pela app aos tais interesses partilhados em correspondências, no ano de 2020, entre os utilizadores norte-americanos.

No entanto, o Tinder não é a única aplicação de encontros amorosos que está atenta aos utilizadores vegans. Antes do Dia dos Namorados, uma outra aplicação concorrente, o OkCupid, divulgou os dados recolhidos pela marca de produtos à base vegetal Sweet Earth sobre o namoro com base nestes fatores. Os resultados apontam a dieta como um dos fatores determinantes na escolha de um parceiro.

Em mil entrevistados, um em cada quatro classificou as escolhas alimentares semelhantes como um critério mais importante do que a aparência física ou a química sexual. Para além disto, quase metade dos inquiridos afirmou ainda que as orientações políticas eram menos importantes do que a dieta.

De reforçar ainda que a Veggly – uma aplicação de encontros amorosos para vegetarianos e vegans lançada em 2017 – apresentou bons resultados no ano passado. Em 2020, a Veggly afirmou ter quase quadruplicado o número de membros, de 3 mil e 300 para 12 mil e 100, em apenas 6 meses. Atualmente, a app tem mais 350 mil utilizadores por todo o mundo.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt