O departamento de comunicação do Twitter reconheceu os factos numa mensagem divulgada na rede social.

“Estamos conscientes de que a conta de Jack Dorsey foi pirateada e vamos investigar o sucedido”, refere.

Além de frases com conteúdo racista, outras mensagens alertavam para a existência de bombas nas instalações do Twitter, enquanto partilhava conteúdos de ocorrências trágicas.

Criador da popular rede social, Dorsey tem mais de 4,5 milhões de seguidores no Twitter que receberam mensagens e vários ‘links’ enviados pelos ‘hackers’ que acederam à sua conta.

Nos últimos anos existem diversos casos de contas pirateadas de políticos e celebridades na rede social, que conta com mais de 139 milhões de utilizadores diários.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.