From Start-to-Table, o programa de aceleração da Startup Lisboa para negócios ligados à restauração, apresentou hoje a quarta edição com um laboratório dinâmico, em parceria com a Zomato. O Zomato Lab vai permitir aos empreendedores do programa identificar de forma mais rápida algumas tendências do setor e disponibilizar uma série de métricas, referentes ao comportamento de um universo de 40 mil restaurantes e de mais de um milhão de utilizadores que constam da base de dados da aplicação. A Zomato assegura também um conjunto de sessões temáticas de tópicos  imprescindíveis para a restauração do futuro, nomeadamente ao nível de reservas, entregas, comunicação e fidelização no contexto digital e a equipa da startup vai acompanhar os participantes no Start-to-Table e respetivos processos em tempo real através de sessões one-on-one.

Esta será a quarta edição do programa que, desde 2018, acelerou mais de 70 projetos e que contou já com mais de 350 candidaturas, oriundas de mais de 30 países. As candidaturas estão abertas até ao dia 3 de outubro no site do programa e os vencedores em cada uma das categorias ganham 10 mil euros.

Podem candidatar-se pessoas ou empresas (constituídas há menos de cinco anos), portuguesas ou estrangeiras, que tenham um projeto de tecnologia para a restauração ou novos conceitos alinhados com objetivos de sustentabilidade. Numa primeira fase, os projetos pré-selecionados serão apresentados a um júri que deverá selecionar até 20 equipas finalistas. O programa deverá ocupar, em média, três dias por semana em regime de full-time e híbrido (com a maioria das sessões online e algumas presenciais) e não tem qualquer custo para os participantes.

Ao longo de oito semanas, os empreendedores dos projetos selecionados vão trabalhar na prototipagem e validação do seu produto e terão também acesso a especialistas, mentores  e investidores do setor. Entre estes estão representantes de empresas como a Delta Cafés e a Sociedade Central de Cervejas e a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal. O From Start-to-Table é também apoiado pelo Turismo de Portugal.

Quem foram até aqui os vencedores do Start-to-Table ?

2020

NoSho: é uma aplicação que vem acabar com os no-shows. A solução procura combater os lugares vazios em restaurantes ao mesmo tempo que ajuda os clientes a encontrar uma mesa de última hora.

Tiger & Bean: tem a missão de criar alternativas mais saudáveis de produtos como o chocolate em pó e leite com chocolate, utilizando um produto desconhecido pelo mercado de massas, a junça.

2019

Miap: uma plataforma digital para pedidos e pagamentos em apenas 30 segundos, em restaurantes, bares e hotéis.

Kitchen Villages: uma rede de contentores-cozinha que permite o aluguer de um espaço de produção num modelo kitchen-as-a service.

Fumeiro do Mar: um projeto que produz iguarias fumadas naturalmente a partir da cavala e da tainha, oferecendo ao mercado a possibilidade de diversificar o consumo de peixe, de forma sustentável.

2018

Why Not Soda: uma marca de refrigerantes biológicos feitos em Portugal, que firmou uma parceria com a Delta após passar pelo programa.

Breadfast: uma empresa  de entrega de pequenos-almoços ao domicílio, adquirida em maio de  2019 pela EatTasty.

Tempjobs: um marketplace de trabalhadores independentes para a indústria da hospitalidade, que funciona em tempo-real.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.

Um artigo do parceiro

The Next Big Idea é um site de inovação e empreendedorismo, com a mais completa base de dados de startups e incubadoras do país. Aqui encontra as histórias e os protagonistas que contam como estamos a mudar o presente e a inventar o que vai ser o futuro. Veja todas as histórias em www.thenextbigidea.pt