Masaya Nakamura morreu no dia 22 de janeiro, mas só hoje a companhia que fundou tornou público o seu desaparecimento. Conhecido como "o pai do Pac-Man", pela popularidade que o jogo alcançou,  Nakamura fundou uma empresa em 1955 que mais tarde se tornaria a Namco.

A empresa começou por instalar dois cavalos mecânicos de madeira no terraço de um centro comercial e posteriormente começou a desenvolver jogos domésticos e arcade, parques temáticos e outros parques de diversões.

Em 2005, a Namco fundiu-se com o gigante de brinquedos japonês Bandai.

O designer de jogos da Namco, Toru Iwatani, criou o Pac-Man amarelo, que chegou ao mercado em 1980. O personagem tornou-se extremamente popular entre os jogadores e o Guinness World Records classificou-o como "a máquina de arcade ativada por moedas mais bem-sucedida".

A companhia não divulgou detalhes sobre a morte de Nakamura, apenas dizendo que foi esse o desejo da sua família.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.