Na era da transformação digital, ainda há em Portugal meio milhão de pessoas que não sabem ler nem escrever. Um indicador quase esquecido face à evolução feita em 50 anos - no início dos anos 70 era cerca de 1,8 milhões- mas um número que não deixa de impressionar num mundo dominado pela tecnologia e pela inovação. Este é um dos pontos de partida da estratégia apresentada ontem pela Altice na celebração dos 16 anos da Fundação PT, que passa também a responder como Fundação Altice. "Porque a transformação digital vai continuar a crescer e é hoje uma exigência das sociedades modernas, este é um tema a que estamos particularmente atentos", afirmou o CEO da Altice, Alexandre Fonseca.

Nesse sentido, a operadora e a sua fundação vão lançar um tour pelo país apoiado num camião TIR que "vai levar inovação e desenvolvimento tecnológico a todo o país". O projeto arranca no segundo semestre de 2019 e prolonga-se por 2020, envolvendo um investimento de um milhão de euros.

O segundo eixo da atuação da Fundação Altice assenta na defesa da portugalidade e da cultura e língua portuguesa. " Cerca de 300 milhões de pessoas no mundo falam português", recordou Alexandre Fonseca, sublinhando a responsabilidade e a importância de "falar e escrever bem português". O apoio da Fundação Altice nesta área terá este ano concretização ao nível de dois projetos-âncora: o apoio à nova edição do atlas da língua portuguesa e ao projeto Ciberdúvidas. A transformação de antigas cabines telefónicas em cabines de leitura que funcionam como microbibliotecas, existindo já várias espalhadas pelo país, continuará também a ser uma iniciativa-bandeira da operadora.

A educação e a saúde são as outras duas áreas que a Fundação tem apoiado desde a sua génese, nomeadamente com o desenvolvimento e a implementação de soluções tecnológicas, e que serão reforçadas.

A próxima etapa da atuação da Fundação Altice foi também assinalada com o anúncio que Maria de Belém Roseira passará a integrar a estrutura da organização no papel de conselheira, trabalhando diretamente com Alexandre Fonseca e com Ana Estelita, a nova diretora da fundação. "Sou testemunha de múltiplas ações desenvolvidas ao longo destes anos e da enorme disponibilidade e sensibilidade de quem dirigiu os seus destinos, fosse através de ação direta, fosse apoiando a ação desenvolvida por outras entidades no terreno. (...) Mas deve ser responsabilidade da Altice Portugal olhar para a realidade envolvente e ponderar, primeiro, e agir, depois, no sentido de dar um contributo competente para que o país possa dar um salto no sentido do desenvolvimento o que trará, necessariamente, efeitos benéficos", afirmou Maria de Belém.

O evento foi encerrado por Ana Sofia Antunes, Secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, que sublinhou a "parceria frutuosa" entre a Fundação Altice e o Governo português: "não posso deixar de recordar todos os diferentes momentos em que já aqui estive nestes três anos de funções".

Durante o dia de ontem, em que se assinalava a data, foi também realizada a entrega formal do donativo que resultou dos pontos trocados ao longo de 2018 pelos membros do programa de pontos MEO. Os clientes MEO canalizaram 34,5 mil euros a favor de nove instituições sociais, nomeadamente Assistência Médica Internacional (AMI), Associação Nacional de Empresas Florestais, Agrícolas e do Ambiente (ANEFA), Associação de Mulheres Contra a Violência (AMCV), Associação Paralisia Cerebral de Lisboa (APCL),Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21 (APPT21), Instituto de Apoio à Criança, Liga Portuguesa Contra o Cancro, Refúgio Aboim Ascensão e UNICEF.

O programa Pontos Telemóvel permite aos clientes MEO trocarem pontos por um conjunto alargado de serviços, produtos, experiências e por donativos a favor de causas de responsabilidade social. Nesta última vertente, quase um milhão e 500 mil euros foram entregues a dezenas de entidades, desde o arranque do programa, em 2005.


O SAPO24 é a marca de informação do Portal SAPO, detido pela MEO - Serviços de Comunicações e Multimédia, S.A., propriedade da Altice Portugal

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.