Pela primeira vez em Portugal, um demonstrador 5G está a ser testado. A Ericsson, em parceria com a Altice e a Vodafone Portugal, estão a desenvolver os testes iniciais a esta tecnologia. O TECHDAYS, um dos maiores eventos em Portugal na área da tecnologia e I&D, deu o mote e Aveiro, onde fica o Centro de Inovação da Altice, foi o palco escolhido.

Esta quinta-feira, dia inaugural do TECHDAYS, o Centro de Inovação de Aveiro da Altice recebeu a visita de Carlos Moedas, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, que foi acompanhado pela CEO da Altice Portugal, Cláudia Goya, o CTO da Altice Portugal, Alexandre Fonseca e o General Manager da Altice Labs, Alcino Lavrador.

No stand da empresa no TECHDAYS, Carlos Moedas ficou a conhecer  os mais recentes desenvolvimentos na área da tecnologia que estão a ser desenvolvidos em Aveiro, incluindo a tecnologia de acesso e fronthaul ótico que irá suportar as futuras redes 5G, atualmente a ser desenvolvida pelo Centro de Inovação de Aveiro em colaboração com a Ericsson que desenvolve a tecnologia de acesso rádio 5G. Em conjunto, estas duas tecnologias (rádio e acesso/fronthaul ótico) complementam-se e formam a base das redes 5G.

O que é o 5G?

créditos: Paulo Rascão | MadreMedia

A tecnologia 5G apresenta-se como um novo paradigma nas redes de telecomunicações, ao pretender alargar o seu âmbito de aplicação a casos de uso atualmente suportados por redes privadas e com fios. Assim, para além de maiores débitos (20Gbps) e maior mobilidade (500Km/h), o 5G deverá garantir tempos de resposta menores (latências de 1ms) e permitir um grande número de dispositivos ligados (1 milhão/Km2). Sendo que este paradigma será apenas possível com a instalação de um número muito maior de antenas do que existe atualmente.

Claudia Goya, CEO da Altice Portugal, salientou que “o Grupo Altice está na liderança dos primeiros testes da tecnologia 5G, fruto de uma grande parceria internacional, que está a ser desenvolvida pela Altice Labs, em Aveiro”. “A escala crescente do grupo abre-nos, todos os dias, novas portas na área das melhores parcerias locais e globais, o que nos permite olhar com confiança para a nossa liderança na inovação a partir de Portugal”, confessa.

créditos: Paulo Rascão | MadreMedia

Para Alexandre Fonseca, CTO da Altice Portugal, “esta visita ao principal Centro de Inovação da Altice demonstra bem a importância que este tem não só para a região de Aveiro mas também para o país, na medida em que Portugal se procura posicionar na dianteira da inovação e desenvolvimento tecnológico. A Altice Labs tem neste momento mais de 1000 engenheiros a trabalhar no desenvolvimento de soluções e produtos para serem exportados para mais de 35 geografias, 650 dos quais estão precisamente em Aveiro. Estes números são representativos da importância e centralidade que a aposta na inovação e tecnologia assume para o Grupo Altice.”

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.