De acordo com a agência France-Presse (AFP), a plataforma vai cortar 170 funcionários da equipa de engenheiros e 265 trabalhadores da equipa de produtos.

No total, as 435 supressões correspondem a 8% dos efetivos destes departamentos.

Já em julho, a Uber, que tinha entrado em bolsa há cerca de dois meses, anunciou a saída de 400 pessoas do departamento de marketing, como parte do seu processo de reestruturação.

A nível mundial, a empresa conta com mais de 27 mil trabalhadores.

A empresa de veículos de aluguer com condutor registou, no primeiro semestre, um prejuízo de 6,2 mil milhões de dólares (cerca de 5,6 mil milhões de euros).

No período em causa, a faturação da Uber situou-se em 6,3 mil milhões de dólares (sensivelmente 5,7 mil milhões de euros), acima dos 5,4 mil milhões de dólares (cerca de 4,9 mil milhões de euros) registados no período homólogo.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.