A edição deste ano da Web Summit, que decorre entre 02 e 04 de dezembro, vai ser "totalmente 'online'", anunciou na quinta-feira a organização.

A Startup Portugal "apoiará uma centena de empresas nacionais a participar no evento sem custos", referiu, adiantando que "o programa Road2WebSummit [R2WS] regressa, também, com os seus 'bootcamps' de preparação para a maior conferência de tecnologia do mundo", lê-se no comunicado.

"Está aberta a quinta edição do Road2WebSummit, fruto da parceria entre a Startup Portugal e a Web Summit", adianta, referindo que "este programa, dedicado a apoiar e preparar empresas a operar a partir de Portugal, foi desenhado no sentido de garantir a melhor 'performance' nacional na maior conferência tecnológica do mundo".

Nesta edição do R2WS, "a Startup Portugal apoiará 100 empresas de base tecnológica sediadas em Portugal, mais 25 do que em 2019, na sua participação no Web Summit", acrescenta.

Através deste programa, "as empresas selecionadas poderão participar no evento sem custos de participação, e ainda ter acesso a um 'bootcamp' de preparação intensiva para o evento".

"O Road2WebSummit permite-nos não só capacitar as nossas 'startups' para melhor se apresentarem num contexto internacional, mas também prepará-las para o evento e contribuir para o crescimento do ecossistema através da sua prestação e da sua exposição ao mercado global", refere o diretor executivo da Startup Portugal, João Mendes Borga, citado em comunicado.

"Esta será a quinta edição da parceria entre a Web Summit e a Startup Portugal para dar origem à Road2WebSummit. Até hoje, a Road2WebSummit permitiu a participação na Web Summit de perto de 500 'startups' portuguesas, onde puderam mostrar os seus produtos inovadores e reunir com os investidores mais importantes", afirma, por sua vez, o presidente executivo da Web Summit, citado também no comunicado.

"É para nós uma satisfação poder alargar este ano o número de participantes para 100 empresas, uma acção que esperamos poder apoiar o empreendedorismo e o ecossistema de 'startups' em Portugal, por esta altura de pandemia covid-19", defende.

Sem datas ainda anunciadas, o 'bootcamp' vai decorrer de forma totalmente digital e permitir "às 'startups' melhorar aspetos chave da sua participação no evento, do 'pitch', ao contacto com investidores e jornalistas, assim como ter treino para o formato específico da conferência em 2020, dado ainda por anunciar da parte da organização", refere a Startup Portugal.

A fase de candidaturas encontra-se aberta.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.