• Também estamos no Instagram! Segue-nos em @vaisgostardisto, página que vamos utilizar para acompanhar o dia a dia do mundo na cultura pop.

“Se tu não fazes nada, és parte do problema”

Na semana em que se celebrou o Dia da Mulher, vou começar por te falar de uma sugestão da Netflix que me surpreendeu muito pela positiva e que fala, acima de tudo, de girl power e da importância de não ficarmos caladas. Desde que estreou há uns dias, o filme “Moxie” foi diretamente para o top dos mais vistos. Por isso, e incentivada pela curiosidade, achei por bem dar uma vista de olhos.

Com muito pouca ou quase nenhuma informação sobre aquilo que ia enfrentar, foram apenas precisos alguns minutos para perceber qual era o cenário onde se ia desenrolar o enredo das quase duas horas de filme. Um típico liceu americano recebia os alunos para mais um ano letivo. Nos corredores, os rapazes ocupavam o seu tempo a avaliar quem passava e as raparigas, quase como carne fresca na vitrine do talho, davam o seu melhor para ficar bem na classificação. É oficial, tinha aqui a red flag número 1!

Mas a esta seguiram-se muitas outras. Entre objetificação, assédio, culpabilização de vítimas e repressão feminina, o que não faltaram foram razões para me deixar com o sangue a ferver. Mas é no meio de tudo isto que surge a super-heroína da história: Vivian. Para além de não fazer parte do grupo das populares nem das que estavam sempre a tentar agradar ao sexo masculino, vai inspirar-se no passado ativista da sua mãe para criar uma revista anónima, a Moxie, que denuncia o ambiente misógino que a rodeia.

A partir daí, vamos ver as Moxie girls unir-se, encherem-se de coragem para se fazerem ouvir e ganharem força para marcar a diferença. Vão lutar pela igualdade de género, contra injustiças de que são alvo no dia a dia e vão mostrar que, quer seja a vestir uma camisola diferente ou a fazer uma estrela na mão, o que importa é remar contra a corrente do patriarcado e lutar pelos direitos da Mulher. Depois de ver tudo isto, é impossível não ficar igualmente inspirada.

  • Ficha técnica cheia de girl power: Por detrás do filme estão sobretudo mulheres, mas há uma que se destaca. Amy Poehler não só interpreta o papel de mãe de Vivian como também é a realizadora e uma das produtoras da longa metragem.
  • Inspirado numa história verídica: “Moxie” é baseado num livro homónimo que vai buscar inspiração ao Riot Grrrl, um movimento feminista influenciado, sobretudo, pela música punk. Descobre um pouco mais este especial do SAPO 24, sobre o grunge e este movimento.
AQVGD – Moxie AQVGD – Moxie

A rom-com underrated que tens mesmo de ver

Todos nós temos um pequeno catálogo de hidden gems. Sejam séries, filmes, canais de YouTube, músicas ou podcasts, todos nós conhecemos algo que parece ter passado completamente ao lado do radar dos bons conteúdos. No topo da minha listinha está a minha próxima sugestão: a série “You’re The Worst”.

É uma produção FX e, por muito que eu já te quisesse ter falado dela, só recentemente ficou disponível em Portugal, com os conteúdos Star da plataforma Disney+. Agora que já te podes sentar no sofá e dar play no primeiro episódio, o meu conselho é que reserves algum tempo livre, porque vai ser difícil parar antes de chegares aos últimos minutos das cinco temporadas. Mas, afinal, o que é que te vai prender ao ecrã durante tanto tempo?

No centro do enredo está um grupo de quatro amigos: Jimmy, um escritor britânico  inseguro e insensível que faz questão de mostrar o seu feitio peculiar em tudo o que faz; Gretchen, com quem forma o par romântico, uma produtora de música que sofre de depressão, mas que passa a maior parte do tempo a fingir que está tudo bem e que não precisa de nada nem de ninguém; Lindsay, a sua melhor amiga, que está presa a um casamento que não a faz feliz e que inveja o estilo de vida de Gretchen; e, por fim, Edgar, um veterano de guerra que vive na sombra dos seus traumas e que apenas pode contar com o apoio de Jimmy, o seu colega de casa.

A grande magia de “You’re The Worst” está no facto de este grupo de amigos não lutar para ver quem está melhor na vida. Pelo contrário, parece que há uma constante competição entre eles para perceber quem é que está a passar pela pior fase. Ao fim ao cabo, não podemos negar que há um certo aspeto reconfortante na imperfeição das vidas dos outros.

AQVGD – Miracle Workers AQVGD – Miracle Workers

Até Ele já desistiu de nós

Já reparaste que, sempre que se fala sobre questionar a religião, nunca ninguém pergunta “Ora, se Deus existir mesmo, como é que será a gestão de recursos humanos lá em cima?”? É que isto de criar o mundo, os animais, o ser humano e ainda ter de decidir qual é próximo passo não deve ser nada fácil, e dificilmente será um one man job.

Calma, há uma resposta para esta pergunta. Chama-se “Miracle Workers” e é uma série antológica que nos vai ajudar a pensar melhor sobre aquilo que se passa ‘lá em cima’, mas, nesta projeção, Deus não é propriamente perfeito. O que faz o planeta Terra mexer é literalmente uma empresa, a Heaven Inc. Organizada como tal, está dividida em departamentos que se dedicam a garantir que tudo corre de forma harmoniosa.

Como em algumas empresas, o CEO, que é como quem diz Deus, que está no seu escritório impecável, longe de tudo aquilo que acontece, tentando ao máximo evitar responsabilidades. Aqui, o Todo Poderoso é o contrário de tudo aquilo que sempre ouvimos falar. Despreocupado com os problemas da Terra e desmotivado com a falta de "fãs”, decide anunciar a decisão de explodir o planeta e encerrar a "empresa". Numa tentativa de o demover, Eliza e Craig, os dois únicos trabalhadores do Departamento de Preces, comprometem-se a fazer um milagre e a cumprir uma prece que parece impossível.

Mais do que uma história com uma premissa engraçada, esta é uma daquelas séries com episódios de 20 minutos que se vê rápido, que nos entretém e faz rir e que merece tudo menos ser levada a sério.

  • Caras conhecidas: O elenco conta com dois atores muito conhecidos: Daniel Radcliffe, que veste a pele de Craig, e Steve Buscemi, que é Deus.
  • Do livro para o ecrã: O enredo de “Miracle Workers” é baseado no romance “What in God's Name”, de Simon Rich.
  • Onde ver: A série está disponível na HBO e tem atualmente duas temporadas, com a terceira já confirmada. Dá aqui uma vista de olhos pelo trailer.

Créditos Finais

  • Outfits inspirados: Se és uma daquelas pessoas que sempre se quis vestir como as personagens das suas séries e filmes preferidos, o ShopYourTV é o teu site de sonho. Vais poder ver e comprar peças semelhantes às de várias personagens do catálogo disponível, que tem desde “Vikings” a “Gossip Girl”.
  • Portugal em Roterdão: Já sabemos qual é a música que vai representar o nosso país na edição de 2021 do Festival Eurovisão da Canção. “Love is on My Side” dos The Black Mamba foi a escolhida. Esta é a primeira vez quem que vamos concorrer com uma música só em inglês. Já ouviste? Espreita aqui.
  • Ainda não vi mas quero: Há uns dias estreou na HBO a série “We Children From Bahnof Zoo”, inspirada no universo de “Os Filhos da Droga”, o conhecido livro de Christiane F.. Se ainda não te cruzaste com a série, vê aqui o trailer.

Também queres dizer "Acho Que Vais Gostar Disto"?
Envia esta newsletter aos teus amigos e eles poderão subscrevê-la aqui.

Tens recomendações de coisas de que eu podia gostar? Ou uma review de um dos conteúdos de que falei?
Envia para mariana.santos@madremedia.pt

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.