O filme, escrito e dirigido pelo norte-americano Damien Chazelle, e que conta a história de amor e jazz entre Mia (Emma Stone) e Sebastian (Ryan Gosling) em Los Angeles, impôs-se a “Moonlight”, de Barry Jenkins, “O Primeiro Encontro”, de Denis Villeneuve, “Eu, Daniel Blake”, de Ken Loach, e “Manchester by the sea”, de Kenneth Lonergan.

O americano Casey Affleck, irmão de Ben Affleck, conquistou o BAFTA de melhor ator pela sua interpretação em "Manchester by the Sea". Além de Casey Affleck, disputavam também a estatueta Ryan Gosling ("La La Land"), Andrew Garfield ("O Herói de Hacksaw Ridge"), Jake Gyllenhaal ("Animais noturnos") e Viggo Mortensen ("Capitão Fantástico").

Emma Stone foi galardoada com o BAFTA de melhor atriz pela sua interpretação na comédia romântica "La La Land", de Damien Chazelle. Meryl Streep ("Florence"), Natalie Portman ("Jackie"), Amy Adams ("O Primeiro encontro") e Emily Blunt ("A rapariga do comboio") concorriam também nesta categoria.

Depois de ganhar sete Globos de Ouro, "La La Land" chegou aos BAFTA a liderar as nomeações. O filme venceu cinco das 11 categorias em que estava indicado. Ao melhor filme, juntam-se os BAFTA de melhor realizador, melhor atriz principal, melhor música (Justin Hurwitz) e melhor fotografia (Linus Sandgren), anunciados numa cerimónia realizada no Royal Albert Hall, em Londres, e apresentada por Stephen Fry.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.