“Este mundo maravilhoso, inquieto e espantoso”, que agrega pela primeira vez este conjunto de fotografias de Belyanchev numa exposição, será inaugurada na quinta-feira, seguindo-se “Live & Loud 2.0: 10 anos de Rock & Roll”, no sábado.

A exposição do russo, patente até 24 de novembro, mostra no Porto trabalhos realizados desde “zonas de conflito militares” como a Palestina, Kosovo ou Chechénia a encontros com “líderes de diversos países e estrelas mundiais dos negócios, cultura e desporto”.

A mostra do fotojornalista, que colaborou com jornais como Cultura, El País, Le Monde ou as agências Associated Press, Reuters ou France Presse, dará depois origem a um livro, “Ou assim...”.

Atualmente vice-diretor do jornal russo “Evening Moscow”, Belyanchev tem no currículo trabalhos com Boris Ieltsin, primeiro presidente da Rússia, mas também no encontro entre o Papa Francisco e o patriarca Kyrill, de Moscovo.

Por seu lado, Bragado expõe fotografias tiradas ao longo de 10 anos em concertos de ‘rock’, com bandas como AC/DC, Kiss ou Airbourne retratadas, numa série que começou em 2008.

Segundo o autor, numa nota publicada no ‘site’ do Centro Português de Fotografia, pretende-se “ultrapassar as barreiras do imediato”. “Precisamos de ser capazes de criar ícones que perduram no tempo, como Leibovits fez com os Rolling Stones, ou Jim Marshall com os Beatles e Jimmy Hendrix”, pode ler-se.

A mostra estará patente até 23 de fevereiro de 2020 e combina “o instante decisivo de comunhão entre o espetador e o músico mas também tentar transmitir a emoção de uma canção num concerto”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.