"É um êxito total. Logo na primeira edição atingir os 2.000 participantes, 30% estrangeiros, sobretudo da vizinha Galiza", disse hoje à agência Lusa, o antigo ciclista Manuel Zeferino, da Bikeservice, responsável pela organização do evento, que é promovido pelas Câmaras Municipais de Monção e de Melgaço e conta com o apoio da Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV).

Manuel Zeferino, que falava a propósito da apresentação da prova, que decorreu hoje no Porto, face ao "êxito" da primeira edição, "dentro de três a quatro anos o Monção e Melgaço Grandfondo poderá atingir o número de participantes da prova realizada no Douro, que já chega aos 3.500".

Com partida e chegada em Monção e passagem pela vila de Melgaço, a prova tem mais de 100 quilómetros de extensão.

A primeira edição do "Monção e Melgaço-Origem do Alvarinho Granfondo Cycling", que representa um investimento estimado de 80 mil euros, é aberta a profissionais, amadores e sociedade civil, e tem "uma forte componente turística e de lazer".

À margem da apresentação da prova, hoje na sede da CVRVV, que contou com a presença dos vencedores da Volta a Portugal em bicicleta, Venceslau Fernandes, Joaquim Andrade e Rui Vinhas, o presidente da Câmara de Monção, António Barbosa, referiu que o "nível de inscrições registado na primeira edição é um sinal da visibilidade do território".

"Vai ser mais um grande evento de promoção da sub-região Monção e Melgaço", sustentou o autarca social-democrata.

O vereador socialista da Câmara de Melgaço José Adriano Lima destacou que "vai ser mais uma grande prova que enriquecerá a agenda desportiva do concelho", acrescentando que este tipo de evento cumpre o objetivo da autarquia de dar “visibilidade ao território”.

Já o presidente da CVRVV, Manuel Pinheiro, destacou ter ficado "surpreendido com a dimensão que a promova está a ter", sublinhando que "aos 2.000 participantes, acrescem os familiares e amigos que os acompanham".

"Estamos a falar de mais de 4.000 pessoas, durante dois dias, no território. A capacidade de alojamento dos dois concelhos está esgotada. Os municípios vizinhos de Valença, e Arbo, na Galiza, estão a ser procurados. É um impacto muito positivo nos setores da hotelaria, restauração e comércio local. Estamos muito satisfeitos por termos sido chamados a participar neste desafio", acrescentou.

Manuel Pinheiro adiantou que "a prova assume uma grande importância para a afirmação da sub-região Monção e Melgaço, como uma marca de vinhos verdes de excelência".

A prova vai incluir um programa paralelo que inclui uma exposição de material de ciclismo e uma mostra de artesanato e produtos locais, entre outras iniciativas.

O "Monção e Melgaço - Origem do Alvarinho Granfondo Cycling" permite aos participantes a opção entre três distâncias: uma de minifondo com 60 quilómetros, a de mediofondo com 100 e, por último, o grandfondo com 145 quilómetros.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.