Clooney, amigo de Markle e do seu marido, advertiu para o perigo de a trágica história da princesa Diana se repetir pela perseguição dos media.

"Estão a perseguir Meghan Markle em todo o lado”, disse Clooney à revista WHO durante uma entrevista em Los Angeles.

"É uma mulher grávida de sete meses que está a ser perseguida e difamada da mesma maneira que Diana foi, a história está-se a repetir”, disse Clooney. "Nós já vimos como isso acaba", sublinhou.

A princesa Diana de Gales morreu em 1997 num acidente de trânsito num túnel de Paris quando era perseguida por paparazzis.

Harry e Meghan casaram-se em maio do ano passado e desde então que Markle se tornou num alvo da imprensa inglesa, conhecida pela sua agressividade.

Na semana passada, um jornal publicou uma carta pessoal de Markle para o seu pai, na qual pedia que ele parasse de mentir e de explorar a relação com o marido.

Clooney, que está a promover a nova série de televisão "Catch-22", criticou a invasão de privacidade.

"Eu não consigo explicar como isto é frustrante, ver a publicação de uma carta de uma filha para um pai. Ela está a receber um tratamento terrível e que eu considero irresponsável. Estou surpreso com isso", disse o ator.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.