Segundo o autor da imagem: “Eu estava a passar por um grupo de cangurus cinzentos ocidentais a alimentarem-se num campo aberto repleto de flores amarelas. Tinha a minha câmara comigo, então parei para tirar algumas fotos. De repente, percebi que este indivíduo adotava uma pose humorística – para mim, parece que ele está dedilhar a sua Air Guitar”.

Jason Moore venceu também a categoria Criaturas da terra.

Este ano, a competição contou com 5.300 submissões de 85 países à volta do mundo, tendo ganho a foto do Canguru Cinzento Ocidental tirada em Perth, Austrália.

Moore ganha agora um safari em Masai Mara, no Quénia, e um troféu feito à mão pelo Wonder Workshop, na Tanzânia.

O concurso Comedy Wildlife Photo Awards realiza-se todos os anos desde 2015 e é organizado pelos fotógrafos profissionais e ambientalistas Paul Joynson-Hicks e Tom Sullam, que também são responsáveis pelo Comedy Pet Photography Awards. O concurso está aberto a fotógrafos amadores e profissionais.

Além do seu lado humorístico, o objetivo do concurso é também alertar para a necessidade da conservação da vida selvagem, em parceria com a ONG Whitley Fund for Nature (WFN).

O vencedor é sempre a fotografia mais importante, mas existem sete categorias no concurso, além do vencedor geral: Criaturas do ar, Criaturas da terra, Categoria Júnior, Portfólio, Subaquática, escolha do público e vídeo.

O vencedor da categoria Criaturas da terra foi o mesmo da categoria geral, o Canguru australiano. Já nas Criaturas do ar venceu o italiano Vittorio Ricci, com a fotografia "Unexpected plunge" ("Mergulho inesperado", em tradução livre).

Unexpected plunge
Unexpected plunge - Comedy Wildlife Photo Awards 2023 créditos: Vittorio Ricci

Na Categoria Subaquática, ganhou o autor de Singapura Otter Kwek com a fotografia "Otter Ballerina" ("Lontra Bailarina", em tradução livre).

Otter Ballerina
Otter Ballerina - Comedy Wildlife Photo Awards 2023 créditos: Otter Kwek

Em escolha do público e Júnior, ganhou a fotografia com o título "Dispute" ("Disputa", em tradução livre), que mostra dois pássaros a discutir na floresta Bialowieza, na Polónia.

Dispute
Dispute - Comedy Wildlife Photo Awards créditos: Jacek Stankiewicz

Em Portfólio, ganhou Tímea Ambrus, da Áustria, com o conjunto de fotografias "I finally learned to fly or - or maybe not"("Finalmente aprendi a voar ou - ou talvez não", em tradução livre).

I finally learned to fly or - or maybe not
I finally learned to fly or - or maybe not - Comedy Wildlife Photo Awards créditos: Tímea Ambrus

Em vídeo foi ainda vencedora Lily Bernau, com o vídeo "Too cold" ("Muito frio", em tradução livre), com o Pinguim Adélie a evitar nadar com os seus companheiros na Antártida.

Os vencedores estão de parabéns, mas todos os finalistas merecem atenção e, por isso, podem ser vistos nesta galeria completa:

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.