Os Aerosmith anunciaram esta segunda-feira uma nova digressão europeia, que passará por Portugal, a 26 de junho, na MEO Arena. Depois de uma série de concertos extremamente bem sucedidos na América do Sul, os Aerosmith atravessam o Atlântico. Esta será a tournée de despedida, onde a banda irá dizer “Aero-Vederci Baby!”.

A banda que faz parte da Hall of Fame do Rock ‘N’ Roll, já vendeu mais de 100 milhões de álbuns e venceu vários prémios, entre eles quatro Grammy Awards, oito American Music Awards, seis Billboard Awards e 12 MTV Awards.

Joe Perry salienta que “já passaram três anos desde a nossa última digressão na Europa e eu posso falar por todos que mal podemos esperar para lá chegar e mostrar esta grande produção. Na última tournée na América do Sul estávamos a todo o gás e não há motivo para parar agora”. Já Steven Tyler garante que “os Aerosmith percorreram a América do Sul como verdadeiros embaixadores do rock… a banda está imparável agora e na Europa continuaremos a fazer o que fazemos melhor…"

Os bilhetes para o espetáculo serão colocados à venda no próximo sábado, nos locais habituais, a preços que variam entre os 55 euros e os 89 euros.

Esta será a terceira passagem dos Aerosmith por terras lusas.  O primeiro concerto foi em 1994, em Cascais. Cinco anos depois actuaram no Estádio Nacional, em Oeiras, no festival T99.

Em maio passado, em declarações à revista Rolling Stone, o vocalista, Steven Tyler, afirmava que os Aerosmith provavelmente embarcariam numa derradeira digressão: "Há duas bandas que ainda têm os membros originais; nós e os [Rolling] Stones. Fico agradecido por isso. Fazermos uma digressão de despedida ou ir para estúdio e gravar um novo disco, estou muito entusiasmado com isso".

Entre setembro e outubro passado, o grupo fez uma série de concertos na América do Sul e anuncia agora uma digressão europeia, supostamente a última, que começa a 17 de maio em Telavive, Israel, e termina a 5 de julho em Zurique, na Suíça.

Formados no início da década de 1970 em Boston, os Aerosmith são apresentados como uma das mais bem sucedidas bandas de hard rock nos Estados Unidos, com mais de 100 milhões de álbuns vendidos, quase uma centena de certificados de platina e ouro e vários prémios conquistados, entre os quais quatro Grammy.

Do grupo, desde os primeiros tempos, fazem parte Steven Tyler, Joe Perry, Tom Hamilton e Joey Kramer, aos quais se juntou pouco depois o guitarrista Brad Whitford.

A suposta digressão de despedida acontece num ano em que Steven Tyler editou o primeiro álbum a solo, "We're all somebody from somewhere", de música country, e Joe Perry - além da carreira a solo - integrou o grupo Hollywood Vampires, que atuou este ano em Lisboa.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.