A campanha foi lançada na terça-feira, na plataforma ‘online’ Kickstarter – a maior dedicada ao ‘crowdfunding’ -, com o escritor a pedir contributos para atingir um milhão de dólares em trinta dias, de forma a pagar a publicação independente de quatro histórias, no universo da fantasia e ficção científica.

Segundo o New York Times, o objetivo de um milhão de dólares foi atingido em pouco mais de meia hora. Na plataforma Kickstarter, Brandon Sanderson já angariou até hoje 21,1 milhões de euros (19,3 milhões de euros), referentes a mais de 84.000 doações.

O recorde de angariação de verbas por ‘crowdfunding’ no Kickstarter tido sido alcançado em 2015 para a comercialização de um relógio, o ‘smartwatch’ Pebble Time, tendo sido reunidos 20,3 milhões de dólares.

Na página de apresentação do projeto literário no Kickstarter, Brandon Sanderson explica que escreve sobretudo ficção científica e fantasia, “com personagens empolgantes e universos criativos” e que muitos dos seus livros “se passam num universo chamado Cosmere”.

“Pensem em Cosmere como o universo dos filmes da Marvel, mas cada história, em vez de ser protagonizada por um super-herói, decorre num planeta diferente, com a sua própria magia e ambiente”, explica.

Brandon Sanderson revela que passou os últimos dois anos a escrever quatro novos romances, três dos quais relacionados com aquele universo “Cosmere”, nenhum dos quais ainda com título anunciado.

O New York Times escreve hoje que Brandon Sanderson, de 46 anos, tem publicado de forma independente, em edição de autor, desde 2010, embora a estreia literária tenha acontecido em 2005, com “Elantris”. O autor mantém a ligação a várias editoras, porque diz que não quer que os seus livros deixem de estar nas livrarias, mas também quer apostar na edição de autor.

Brandon Sanderson tem ainda uma estreita ligação com os leitores, sublinha o diário norte-americano, pela participação recorrente em convenções de ficção científica e fantasia, um segmento da cultura popular e do entretenimento com milhões de admiradores.

O nome de Brandon Sanderson está também ligado à saga “Roda do Tempo” – já adaptada para série televisiva -, tendo sido convidado pela editora para a concluir, depois da morte do escritor Robert Jordan, em 2007.

Em Portugal, Brandon Sanderson tem publicada uma trilogia, pela Saída de Emergência, intitulada “Mistborn – Nascida nas Brumas”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.