A Suécia lançou uma campanha de turismo inédita. O país convida todas as pessoas, de qualquer parte do mundo, a ligarem para um sueco, aleatoriamente, como forma de celebrar os 250 anos da abolição da censura.

A iniciativa nasceu da Associação de Turismo da Suécia. Uma vez que o país foi pioneiro a abolir a censura, passados 250 anos a Suécia disponibiliza para o mundo um número de telefone para quem quiser falar com um habitante do país, sem restrições. Pode falar do que quiser com a pessoa que o atender: almôndegas, política, direitos homossexuais, taxas de suicídio, neve, amor, prémios Nobel... do outro lado está alguém disponível para falar sobre qualquer tema.

Como funciona?

Ao ligar para o número da Suécia, a sua chamada é reencaminhada de forma aleatória para o número de um dos suecos que, voluntariamente, fez download da aplicação deste serviço. É esta que lhe permite receber chamadas de pessoas de todo o mundo.

Para Magnus Ling, o responsável pela Associação de Turismo da Suécia, o The Swedish Number pode comparar-se aos suecos que viajam pelo mundo. “Não se sabe com quem eles vão falar nem o que vão dizer”, explica ao The Guardian. O jornal testou o serviço e falou com Wilma, uma estudante que vive perto de Estocolmo. Ao The Guardian, Wilma explicou que, para além de ser divertido falar com pessoas de outros países, é uma boa forma de praticar inglês. E o que é que normalmente as pessoas querem saber sobre a Suécia? Wilma diz que algumas fazem perguntas sobre as casas-de-banho do país, enquanto outras fazem perguntas sobre a escola.

Se ficou curioso, com vontade de ligar e de ter uma boa conversa, tome nota. Há três temas que não deve sugerir a um sueco, a menos que o queira irritar: Ikea, Abba e o que pensam do cozinheiro sueco dos Marretas. As chamadas são recebidas a qualquer hora, mas só são encaminhadas para as pessoas que estiverem online na aplicação. O custo é o duma chamada internacional, dependendo do país de origem.

Até ao dia 6 de Abril, a Suécia recebeu mais de 12.860 chamadas. No total, os suecos já falaram quase 24 horas com desconhecidos de todo o mundo. Trinta e três por cento das chamadas são feitas a partir dos Estados Unidos, seguindo-se a Turquia (19%). Estas informações podem ser acompanhadas através do website da campanha.

Se no último dia de Abril ninguém o atender, não se preocupe. É feriado no país e celebra-se a noite de Santa Valburga (Walpurgisnacht). É provável “que todos os suecos estejam ocupados à volta duma fogueira, em todo o país”, lê-se no site.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.