Não haverá mais Cara Dune na série da Disney+. Gina Carano foi despedida da série The Mandalorian por ter feito publicações nas suas redes sociais que a produtora considera terem sido "abomináveis e inaceitáveis". A antiga lutadora de MMA (Artes Marciais Mistas) e atriz que fez parte do elenco de filmes como Deadpool e Haywire escreveu que pertencer ao Partido Republicano nos EUA é equivalente a ser judeu durante o Holocausto.

De acordo com o The Guardian, Carano, que interpretou a personagem Cara Dune nas duas temporadas do spin-off da saga Star Wars, escreveu num post no Instagram (que já não se encontra disponível mas que foi difundido pela Internet fora) comentários que foram condenados pela Internet e pelos responsáveis da série.

"Os judeus foram espancados nas ruas, não pelos soldados nazis, mas pelos vizinhos... até mesmo por crianças. Porque a história é editada, a maioria das pessoas hoje em dia não tem noção que para chegar ao ponto em que os soldados nazis podiam facilmente reunir milhares de judeus, o governo primeiro fez com que os seus próprios vizinhos os odiassem simplesmente por serem judeus. Como é que isso é diferente de odiar alguém pelas suas opiniões políticas", escreveu segundo a publicação britânica.

Este episódio não é isolado nem é a primeira vez que os comentários nas redes sociais tramam Carano perante os olhos da Lucasfilm. Em novembro já tinha partilhado publicações no Twitter que criticavam o resultado das últimas eleições presidenciais americanas e falavam em fraude, além de ter ridicularizado o uso de máscaras no combate à pandemia.

Em comunicado, a produtora de The Mandalorian deu conta da sua decisão, aparentemente, definitiva. "Gina Carano não é atualmente funcionária da Lucasfilm e não há planos para que o seja no futuro. Não obstante, as suas publicações nas redes sociais denigrem pessoas com base nas suas identidades culturais e religiosas são abomináveis e inaceitáveis".

A declaração segue-se após uma campanha que correu as redes sociais (#FireGinaCarano) para que a atriz, de 38 anos, fosse despedida. Já um jornalista do The Hollywood Reporter explica que estes últimos comentários foram a gota de água para a Disney e que a decisão de terminar a ligação com atriz já perdurava desde o tempo das eleições.

Em dezembro, a Lucasfilm anunciou Rangers Of The New Republic, um novo spinoff de The Mandalorian, que parece moldado à sua personagem. No entanto, a produtora ainda não anunciou o elenco, embora se saiba que o projeto não vai contar com Carano — que também foi despedida da agência que a representava.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.