De acordo com o grupo editorial, são conjuntos de 25 livros das suas várias chancelas, que vão ser entregues à Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro, para rechear as suas casas de Lisboa, Coimbra, Porto e Funchal.

Entre as obras selecionadas para oferecer contam-se “A mulher que correu atras do vento”, de João Tordo, “Becoming”, de Michelle Obama, “Jesus Cristo bebia cerveja”, de Afonso Cruz, “ABC da Vida”, de Helena Sacadura Cabral, “A verdade sobre o caso de Harry Quebert”, de Joel Dicker, e “A Cor púrpura”, de Alice Walker.

Para os mais novos, serão doados “Historia de adormecer para raparigas rebeldes”, de Francesca Cavallo e Elena Favilli, “Elmer e minhas emoções”, de David McKee, “Diário de uma Miúda como tu”, de Maria Inês Almeida, “Big Nate e Companhia”, de Lincoln Pierce, e “O grande livro dos super tesouros”.

O grupo editorial, que detém chancelas como a Alfaguara e a Companhia das Letras, destaca que esta iniciativa tem presente que “a leitura pode ser também um refúgio, e um alento”.

“Como editores, acreditamos que os livros ajudam a tornar o mundo um lugar melhor, mais preenchido, com mais sentido. Com esta oferta de livros para as 4 Casas da Acreditar, em Coimbra, Lisboa, Porto e Funchal, pretendemos dar o nosso contributo para alegrar e preencher os dias das crianças com cancro, assim como dos pais e cuidadores que as acompanham neste momento difícil”, afirma Clara Capitão, diretora-geral do grupo.

A responsável editorial acredita que “estas crianças encontrarão nestes livros uma fonte de consolo e conforto, um lugar de refúgio e fantasia, tão necessários quando precisamos de vencer obstáculos”.

Para Ansfriede Zwaagstra, da Acreditar, “a companhia de um livro acalma as tempestades da vida”.

“Com uma biblioteca viva e atualizada, a estadia das famílias na Casa Acreditar fica mais rica”, considera a fundadora desta associação com mais de 25 anos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.