“A proposta ‘O outro sou eu’, enviada por Maria Augusta Babo, foi a escolhida pelo júri e sugere uma plataforma virtual de difusão, adaptação e replicação de micro experiências em comunidade, as mais variadas e criativas, suscetíveis de ser difundidas através de uma plataforma digital e implementadas noutros lugares”, anunciou o CNC, em comunicado.

O CNC, no mesmo comunicado, destaca “a participação de muitos jovens e a variedade dos temas propostos, sendo os mais comuns o ambiente, o desenvolvimento sustentável, a educação, as questões de género e a paz”.

“O concurso teve como objetivo pôr os portugueses a refletir, na tentativa de encontrar uma ideia para tornar o mundo melhor”, explica o CNC, referindo que foram recebidas 200 propostas, tendo sido analisadas por um júri composto pela escritora Patrícia Reis, editora da revista Egoísta, que colabora na iniciativa, pela investigadora Rosalia Vargas, presidente da Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica, pelo poeta Pedro Mexia, pelo radialista João David Nunes, e presidido pela professora da Faculdade de Arquitetura de Lisboa Maria Calado, presidente do CNC.

Maria Augusta Babo é professora no Departamento de Ciências da Comunicação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e preside ao Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens desde 2014.

Segundo a Universidade Nova de Lisboa, as áreas de investigação de Maria Augusta Babo são a Semiótica, a Teoria da Escrita e a Teoria do Sujeito.

Maria Augusta é Babo é autora do ensaio “Considerações sobre a máquina narrativa”, publicado no ano passado na obra “Narrativa e Media – Géneros, Figuras e Contextos”, organizada por Ana Teresa Peixinho e Bruno Araújo, e de “Corpo e Movimento/Corpo em movimento”, publicado na Revista de Comunicação e Linguagens – Movimento e Mobilização Técnica, entre outros.

"A notícia trouxe-me uma grande felicidade e ao mesmo tempo senti uma enorme responsabilidade. Embora consciente de que uma ideia não muda o mundo entendi este desafio como um imperativo de cidadania", afirmou a vencedora, citada pelo CNC.

Maria Augusta Babo irá, em breve, irá “expor pessoalmente a sua ideia ao secretário-geral das Nações Unidas [António Guterres], em Nova Iorque”, e a sua proposta será publicada na revista Egoísta, publicada pela Estoril Sol.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.