A notícia é avançada pelo jornal italiano Corriere della Sera, que cita um comunicado da família.

“Às 7h05 desta manhã, 3 de fevereiro de 2024, Sua Alteza Real Vittorio Emanuele, Duque de Sabóia e Príncipe de Nápoles, rodeado pela sua família, faleceu pacificamente em Genebra”, referem.

O anúncio da Casa Real de Sabóia acrescenta que o local e a data do funeral serão comunicados com a maior brevidade possível.

De nome completo Vittorio Emanuele Alberto Carlo Teodoro Umberto Bonifacio Amedeo Damiano Bernardino Gennaro Maria di Savoia, nasceu em Nápoles, a 12 de fevereiro de 1937.

O herdeiro ao trono italiano era conhecido como o 'eterno príncipe', tendo em conta que as suas ambições de chegar ao trono acabaram por ser eliminadas em 1946, quando Itália, depois de um referendo popular, se tornou numa república. O pai chegou a abdicar em seu favor dias antes do referendo, contudo, sem sucesso.

Na altura, juntamente com a mãe, Maria José e as irmãs, Maria Beatriz, Maria Pia e Maria Gabriella, teve que exilar-se em Portugal, e a família foi proibida de entrar em Itália durante cerca de 56 anos.

Umberto II passou o resto da vida em Cascais, onde se casou a filha mais velha, a princesa Maria Pia, sendo que os herdeiros da casa de Sabóia só voltaram a ter permissão para entrar em Itália em dezembro de 2002.

Vittorio Emanuele era casado com Marina Doria, uma suíça campeã de ski aquático. Casaram primeiro em Las Vegas e depois em Teerão, como convidados do Shah da Pérsia. Têm apenas um filho, Emanuele Filiberto, que nasceu em 1972, em Genebra.

A sua história de vida teve inúmeras polémicas, porém talvez a maior de todas é um assassinato que, apesar de ter tido um veredito da justiça, não ficou resolvido na opinião pública. Em causa estava a acusação de matar a tiro Dirk Hamer, um jovem de 19 anos norueguês que tentou roubar um barco que pertencia à família durante umas férias na Córsega.

Este foi o ponto de partida para uma série documental com três episódios que se chama “O Príncipe sem Trono” (“The King Who Never Was”) da plataforma de streaming Netflix, realizada por Beatrice Borromeo, uma aristocrata italiana que é conhecida por ser nora da princesa Carolina do Mónaco e embaixadora da Dior.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.