De acordo com as estatísticas anuais do setor da Cultura, em 2016 os museus portugueses tiveram 15,5 milhões de visitantes, dos quais 6,7 milhões eram estrangeiros. Em 2015, o número de visitantes estrangeiros situou-se nos 5,2 milhões.

Os dados do INE foram recolhidos junto de 405 museus portugueses, de um universo de 727 em atividade em 2016, por reunirem cinco critérios: terem pelo menos uma sala de exposição, pelo menos um conservador ou técnico superior, orçamento e inventário, e estarem abertos ao público.

Cerca de 34 por cento visitou museus gratuitamente e 12,5% eram visitantes inseridos em grupos escolares.

Os mais visitados, em 2016, foram os Museus de Arte (com um aumento de 6,8%), Museus de História e Museus Especializados.

Nas galerias de arte e outros espaços de exposições temporárias estiveram patentes 7.731 exposições em 2016, sobretudo de pintura e fotografia.

Quanto ao cinema, o INE remete para as estatísticas do Instituto do Cinema e Audiovisual, segundo o qual, em 2016, as salas de cinema acolheram 14,9 milhões de espectadores e 77,2 milhões de euros de receita de bilheteira, ou seja, mais 358 mil espectadores e mais 2,2 milhões de euros do que em 2015.

Foram exibidos 182 filmes portugueses, representando apenas 2,3 por cento do total de espectadores e 2,1 por cento das receitas de bilheteira.

Em 2016, existiam em Portugal 557 salas de cinema, com um total de 104.729 lugares.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.