Segundo adianta a organização, hoje, em comunicado, o festival realiza-se de 26 a 28 de maio de 2022, com Ornatos Violeta, Linda Martini, Zen, Paus, Paraguaii e Pedro da Linha a tocar no primeiro dia.

Para os dias 27 e 28 de maio, o “cartaz será apresentado brevemente”.

O North Music Festival estava, inicialmente, marcado para maio, mas a organização considerou mais “prudente” adiar o evento, devido à pandemia de covid-19, reagendando-o para os dias 30 de setembro e 01 e 02 de outubro.

Na apresentação do certame, que aconteceu a 07 de setembro, o diretor do evento, Jorge Veloso, garantiu que o festival ia acontecer e que a organização estava a fazer de tudo para cumprir nas normas da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O responsável concretizou que seria necessária a apresentação de certificado digital ou de um teste negativo à covid-19 e que seria disponibilizada uma zona de testagem, na Alfândega do Porto, para quem não cumprisse as condições.

Contudo, a 22 de setembro foi anunciado que o NMF seria novamente adiado, devido à falta de parecer final da DGS e à exigência de teste, mesmo para quem tem certificado.

Nesse mesmo dia, a DGS esclareceu à agência Lusa que não tinha “ainda emitido o parecer técnico por estar a aguardar a publicação da nova resolução de Conselho de Ministros”, que poderia “conter alterações às regras para a organização de eventos”, acrescentando que a organização foi informada da “condicionante”.

Aquela entidade adiantou também que, até à data, não tinham sido “emitidas quaisquer recomendações à organização”.

Com este novo adiamento ‘caem’ para já nomes como OneRepublic, The Script, The Waterboys, GNR e Capicua, que tinham sido anunciados para este ano, aguardando-se o anúncio do cartaz para os dois restantes dias.

Os bilhetes para a edição de 2021 mantêm-se válidos para as novas datas, mas devem ser trocados no ponto de venda onde foram adquiridos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.