Os especialistas da agência, que estudam as cerejeiras do templo de Yasukuni, verificaram que as primeiras flores haviam desabrochado, nove dias antes da data habitual.

Durante duas semanas, a estação florida das cerejeiras encherá as ruas, os pátios das escolas e os templos de rosa e branco, marcando a chegada da primavera.

"Temperaturas amenas no final de fevereiro e início de março aceleraram o surgimento dos botões florais", disse um funcionário da agência meteorológica a jornalistas no templo de Yasukuni, no centro de Tóquio.

A chegada oficial da primavera na capital estampava a capa dos jornais japoneses, e as empresas de previsão do tempo multiplicavam as previsões para as outras grandes cidades do país.

Em Tóquio, a floração atingirá o seu pico numa semana.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.