No ano passado, mais de 55 mil pessoas participaram na Festa do Outono, em Serralves. Os números são da organização do evento que abre a zona mais rural da Quinta de Serralves às famílias para celebrar a chegada de uma nova estação do ano.

Ao longo dos dois últimos dias de setembro, o público poderá participar em workshops, oficinas, percursos, espetáculos de teatro, de música, performances, instalações e jogos.

“As propostas divertidas, educativas e, contextualizadas à luz de algumas práticas, tradições e conceitos ancestrais, são o mote para envolver todo o público”, diz a organização em comunicado.

“Conhecer, e contactar de perto com processos de transformação de algumas fibras têxteis, com a arte da cestaria, com a confeção de receitas que incluem produtos da época, e ainda com temáticas como a flora e a fauna do Parque de Serralves, a Biodiversidade outonal, as raças autóctones, entre muitos outros desafios que evocam a sensibilização para o ambiente, para a paisagem, para a ética da conservação e recuperação de valiosos saberes e fazeres, representam desígnios desta Festa”, acrescenta a mesma fonte.

A isto juntam-se “as diferentes expressões artísticas que trazem para esta celebração o prazer de ver e ouvir abordagens contemporâneas e inovadoras de temas interligados com a sociedade atual, com a essência humana e com o ambiente.”

Os visitantes da Festa do Outono são sobretudo portugueses, mas o público estrangeiro está em crescimento, mostram os dados da Fundação de Serralves. Dos nacionais, só 15% vive fora da Área Metropolitana do Porto. A maioria vem com amigos ou família.

A entrada é gratuita e faz-se pelos portões da avenida Marechal Gomes da Costa e da rua Bartolomeu Velho 141.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.