A digressão arranca a 15 de outubro na Aula Magna, em Lisboa, seguindo-se um concerto no dia 16 na Casa da Música, no Porto.

Segundo a agenda de concertos anunciada hoje, os OMD terão mais de 40 concertos em palcos europeus até fevereiro de 2020, passando por Espanha, Reino Unido, Alemanha, França ou Dinamarca.

O grupo chamou-lhe “Souvenir Tour”, batizada com um dos temas mais conhecidos, mas a verdade é que a digressão assinala os 40 anos da edição de “Electricity”, o primeiro ‘single’, lançado em 1979 pela Factory Records.

“Vamos tocar todos os nossos êxitos, incluindo algum material mais antigo raramente tocado”, afirmou o grupo na página oficial.

Banda de eletrónica e ‘synth pop’ nascida em Inglaterra, em finais dos anos 1970, os OMD foram tendo várias vidas, com uma interrupção na viragem do século.

Da formação original mantêm-se Andy McCluskey e Paul Humphreys. Entre os temas mais conhecidos dos OMD constam “Electricity”, “Enola Gay”, “Souvenir” e “Red Frame/Ehite Light”.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.