Numa era pré-internet, pato com laranja era para os portugueses o nome de um filme, uma comédia italiana em concreto, que deu origem a uma grande polémica em torno da televisão pública e da moral e dos bons costumes em 1983. (Para gerações posteriores, fica o contexto aqui.)

Trinta anos depois, a moral do pato com laranja é mesmo disputada à mesa e a discussão é sobre as suas virtudes. Que são muitas, diga-se de passagem, e simples, como se querem as coisas melhores. O pato é barrado, o pato vai ao forno, o pato é servido com rodelas de laranja. E a virtude é precisamente essa – a da simplicidade aliada à extraordinária eficácia que acontece quando um sabor mais denso e intenso, como o do pato, se encontra com a frescura e acidez da laranja.

A mesma lógica vale para o acompanhamento, arroz + espargos, e desse equilíbrio das partes resulta um daqueles pratos que vai abrilhantar a sua consoada. Fica aqui mais uma sugestão SAPO24 a partir de uma receita de Susana Veloso do blog Deliciosa Paparoca.

Ingredientes:
1 pato com cerca de 1500 gr
2 laranjas
0,5 dl de azeite
2 + 1 dentes de alho
2 colheres de sopa de pão ralado
2 chávenas de arroz carolino
1 molho de espargos

Modo de preparação:
Deite num almofariz ou numa tigela o azeite, os alhos a raspa da casca das laranjas e o pão ralado. Esmague tudo com um pilão e barre todo o pato com esta mistura. Leve o pato a assar ao forno a 200º no modo “forno ventilado” de preferência (cerca de 45 minutos de cada lado), tendo o cuidado de virar a meio da cozedura. A 15 minutos do fim da cozedura coloque algumas rodelas de laranja por cima do pato e deixe terminar a assadura.

Para acompanhar faça um arroz de espargos. Arranje um molho de espargos verdes, corte-os em pedaços e salteie com um fio de azeite e um alho laminado durante cerca de 5 minutos. Tempere de sal. Reserve. Deite 1 litro de água e quando a água estiver a ferver, junte 2 chávenas de chá cheias de arroz carolino e deixe cozinhar por 15 minutos ou até o arroz estar a seu gosto. Quase no fim da cozedura junte os espargos, misture e sirva o arroz com o pato assado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.