“Vanda” consta da lista de 14 séries selecionadas para o Berlinale Series Market Selects (em português algo como Seleções do Mercado de Séries da Berlinale), que se realizou pela primeira vez em 2021. A lista foi hoje divulgada pela organização do festival, em comunicado.

De acordo com a informação disponível, a série, criada por Patrícia Muller e dirigida por Simão Cayatte, é uma produção da portuguesa SPi, com a norte-americana Legendary Television e a espanhola La Panda Productions, criada para ser exibida na plataforma OPTO, da SIC.

Do elenco de “Vanda”, nome da personagem principal, “uma cabeleireira a viver em Lisboa que de repente se vê sozinha, sem marido nem casa, mas com dois filhos para criar no meio de uma crise financeira”, fazem parte Gabriela Barros, João Baptista e Joana de Verona.

Além da série portuguesa, foram selecionadas também produções da Sérvia, Reino Unido, Brasil, Suécia, África do Sul, Israel, Rússia, Alemanha, Bélgica, Croácia, Dinamarca e França.

A 72.ª edição do Festival de Cinema de Berlim decorrerá de 10 a 20 de fevereiro, com a programação repartida por várias secções, competitivas e não competitivas, e programas paralelos em torno da indústria cinematográfica.

Da programação já anunciada, no que diz respeito à produção ou coprodução nacional, o festival contará com o filme “By Flávio”, de Pedro Cabeleira, na competição oficial de curtas-metragens.

No programa Fórum estarão “Super Natural”, primeira longa-metragem de Jorge Jácome, “The Maji-Maji Readings”, do cubano Ricardo Bacallao, com a participação da artista portuguesa Grada Kilomba, a coprodução luso-brasileira “Mato Seco em Chamas”, de Adirley Queirós e Joana Pimenta, “Terra que marca”, de Raul Domingues, e “O trio em mi bemol”, de Rita Azevedo Gomes.

Os filmes “Aos dezasseis”, de Carlos Lobo, e “Juunt Pastaza entsari”, de Inês T. Alves, estarão na secção competitiva “Generation”, focada em narrativas que abordem a adolescência e a juventude.

O Fórum Expandido contará com o projeto “Yarokamena”, do realizador e investigador colombiano Andrés Jurado, com coprodução portuguesa pela Kintop, de Susana de Sousa Dias.

No programa Geração 2022, estará o filme "Nada para ver aqui", do realizador belga Nicolas Bouchez, numa coprodução entre Portugal, Bélgica e Hungria.

A 72.ª edição do festival de Berlim abrirá com o filme “Peter Von Kant”, do realizador francês François Ozon.

O realizador, argumentista e produtor M. Night Shyamalan vai presidir ao júri internacional do festival.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.