Desde que estreou em 14 de abril, o filme protagonizado por Vin Diesel e Charlize Theron arrecadou 365 milhões de dólares (335 milhões de euros) nas bilheterias chinesas, destronando o “Furious 7″, até à data o filme estrangeiro mais visto na China e cujas receitas atingiram 351 milhões de dólares.

O oitavo filme da série “Velocidade Furiosa” conseguiu também a melhor estreia de sempre no país asiático, ao alcançar os 55 milhões de dólares (50 milhões de euros) em receitas de bilheteria no primeiro dia de exibição.

A obra poderá, inclusive, ameaçar o recorde da produção chinesa “The Mermaid” ("A Sereia", em inglês), que se tornou no ano passado no mais visto de sempre na China, ao arrecadar receitas no valor de 491 milhões de dólares (449 milhões de euros).

O mercado chinês do cinema deverá superar nos próximos anos o norte-americano (Estados Unidos e Canadá) como o maior do mundo, apesar de o ritmo de crescimento ter abrandado, o que alguns observadores atribuíram ao fim de subsídios, e outros à queda de qualidade das produções.

A importação de filmes na China é monopólio do Estado e está sujeita a cotas. Normalmente, o país mais populoso do mundo importa apenas 34 filmes por ano, a maioria dos quais norte-americanos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.