Adaptar narrativas sobre negócios chorudos caídos na desgraça está em voga. Mais concretamente aquelas que são verídicas e tenham fundadores cujas personalidades pautam por um certo magnetismo, uma aura ímpar, que os ajudou a recolher muitos milhões de dólares junto de investidores. Ainda que no fim, visto bem as coisas, a revolução prometida não tenha sido mais do que um novo episódio do conto do vigário.

É o caso das séries "The Dropout" *, em que estamos perante a história real de Elizabeth Holmes (Amanda Seyfried), que com apenas 19 anos fundou a "Theranos" e foi tida como o próximo Steve Jobs ou "WeCrashed" **, em que ficamos a saber como é que Adam e Rebekah Neumann (Jared Leto e Anne Hathaway, respetivamente) fundaram a WeWork, uma empresa de espaços  de coworking que chegou a valer 47 mil milhões de dólares e que em menos de um ano perdeu mais de 75% de todo o seu valor.

Mas para abordar tudo isto, decidimos convidar alguém dos meandros deste universo das startups e da inovação para nos oferecer umas luzes do porquê de existir todo este amor recente em torno deste mundo das tecnológicas (será que é mesmo recente?). É neste âmbito que João Dinis e Miguel Magalhães receberam Rute Sousa Vasco, criadora do The Next Big Idea, programa de TV da SIC Notícias (que é também um site e uma newsletter) e que há mais de 10 anos nos apresenta as melhores histórias de inovação em Portugal e além fronteiras.

* Chega à Disney+ no dia 20 de abril

** Os três primeiros episódios já se encontram disponíveis na Apple TV+

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.