A mostra, que integra a seleção dos 267 melhores trabalhos concorrentes à edição 2017 do World Press Cartoon, foi inicialmente programada para estar patente ao público até hoje, dia 10, mas, “devido à grande afluência de público, viu o seu prazo ser alargado”, justificou a organização em comunicado.

A mostra, com entrada livre, integra “desenhos que compõem um retrato divertido de um ano do andar do mundo”, publicados, segundo o diretor do salão, o cartoonista português António Antunes, em 168 jornais e revistas de 51 países.

O World Press Cartoon (WPC), salão português de desenho de humor na imprensa, realizou-se este ano pela primeira vez nas Caldas da Rainha com o apoio financeiro do município, depois de, em 2016, ter sofrido um interregno, não se realizando devido à “falta de condições financeiras”.

Dado o sucesso desta edição, a organização prevê “manter as próximas edições do World Press Cartoon na cidade das Caldas da Rainha”, anunciou o cartoonista António que, na entrega dos prémios, em junho, destacou o papel que o desenho de humor tem para a vitalidade da imprensa.

“Os cartoons são um espaço crítico e de exercício da liberdade, sem o qual os jornais não podem sobreviver e afirmar-se plenamente”, defendeu na cerimónia.

O salão português de desenho de humor na imprensa atribuiu este este ano o Grand Prix da 12.ª edição ao cartoon "Imigrantes", do autor iraniano Alireza Pakdel.

O desenho, que recebeu o prémio na categoria Cartoon Editorial, foi publicado no jornal iraniano Etemad, em agosto de 2016, e é uma das obras que pode ser apreciada no CCC.

Além de observar os originais no local da exposição, o visitante pode ainda levar todos os desenhos para casa, bastando comprar o catálogo, disponível para venda.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.