O aeroporto reabriu passado três horas e cerca de 500 passageiros foram retirados do local.

“Foram realizadas duas inspeções (pela polícia e bombeiros) e depois o aeroporto foi declarado seguro”, referiram os bombeiros na sua página na Internet.

Nas inspeções realizadas ao aeroporto foi descoberto um ‘spray’ de gás lacrimogéneo, afirmou a Scotland Yard.

“Embora a causa do incidente ainda não tenha sido estabelecida, a polícia está a investigar para ser se existiu uma libertação acidental do gás que estava no ‘spray'”, acrescentou a polícia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.