A mala foi encontrada pelos trabalhadores logo pela manhã e estes foram aconselhados, posteriormente, a abandonar o espaço, disseram várias testemunhas à agência Lusa.

No local, a Lusa constatou que a GNR interditou o acesso ao edifício – que é usado também para habitação.

Metade da praça onde se localiza a instituição bancária também está praticamente vedada.

Às 09:45, era aguardada a chegada de uma equipa de inativação de explosivos.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.