Em nota de imprensa hoje divulgada, a AML refere que as alterações de horários são "ajustadas para fazer face à procura nessas datas", mas salvaguardando "a necessidade de se garantir os serviços de transporte junto de equipamentos essenciais", como unidades de saúde.

Consoante o operador de transporte público rodoviário, as carreiras de autocarros passam a funcionar nestes dois dias com horários do "período não escolar", de vésperas de feriados ou de sábado, mantendo-se ou reforçando-se o serviço para hospitais.

Por decisão do Governo, na segunda-feira e em 7 de dezembro, vésperas de feriados, não haverá aulas e a função pública terá tolerância de ponto.

O Governo pediu ao setor privado para dispensar também os trabalhadores nestes dois dias.

A decisão governamental faz parte de um lote de medidas anunciadas há uma semana para conter a pandemia da covid-19, no quadro do novo período de estado de emergência, que vigora até às 23:59 de 08 de dezembro.

A AML integra 18 concelhos, nove a norte do Tejo (Amadora, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Odivelas, Oeiras, Sintra e Vila Franca de Xira) e nove a sul (Alcochete, Almada, Barreiro, Montijo, Moita, Palmela, Seixal, Sesimbra e Setúbal).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.