Guterres adiantou que Bloomberg vai apoiar uma cimeira da ONU sobre o Clima, prevista para 2019, que pretende mobilizar uma ação ainda mais ambiciosa para aplicar o Acordo de Paris, alcançado no final de 2015, que visa a redução das emissões de gases com efeito de estufa.

Ativista desde há muito da causa da energia limpa, Bloomberg tinha sido apontado como enviado especial da ONU para as cidades e as alterações climáticas pelo antecessor de Guterres, Ban Ki-moon, em janeiro de 2014.

Em julho, Guterres afirmou que Bloomberg está “convencido” que os EUA vão concretizar os seus compromissos de Paris, apesar do atual Presidente, Donald Trump, ter decidido retirar o país do Acordo.

Bloomberg tem apelado aos líderes mundiais para que não sigam o exemplo de Trump nas alterações climáticas e declarado o seu empenho em ajudar a aplicar o Acordo de Paris.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.