“A humildade. O facto de descer à terra, ser como nós. Acho que isso é o principal. Não quer ser mais do que aquilo que é. É humilde, senta-se ao pé de nós, fala connosco diretamente ao nosso coração e chega de todas as formas”, respondeu Ana Paula, de Maceira (Leiria), quando questionada sobre as características que tornam Francisco um Papa especial aos olhos dos fiéis presentes hoje no Santuário de Fátima.

Acompanhada pelo marido e pelas duas filhas do casal, Ana Paula reforçou que Francisco “é um Papa de amor”. Também disse que hoje reviveu a mesma emoção que sentiu quando aos 12 anos viu, também em Fátima, o Papa João Paulo II.

Não muito longe da Capela das Aparições, Lurdes, de Torres Vedras, afirma que, para ela, Francisco é um Papa “muito especial”.

“Porque acima de tudo é muito humilde, ele é do povo. E transmite uma grande santidade, uma grande paz para a nossa Igreja e humildade que é isso que a nossa Igreja estava a precisar” referiu a peregrina que vai acompanhar as cerimónias de hoje à noite e que vai pernoitar no recinto.

Para Lurdes, o Papa Francisco está no seu coração e de muitos católicos e reforçou: “É uma bênção de Deus este Papa para a nossa Igreja”.

Depois de percorrer a pé e em silêncio os cerca de 180 quilómetros que marcam a distância entre Seia e Fátima, Filipe vê em Francisco um Papa que, pelas suas qualidades, pelas suas virtudes e pela sua maneira de ser, cativa as pessoas.

“É uma mais-valia para a Igreja. É uma pessoa do povo e para o povo”, afirmou o peregrino, acompanhado no recinto pela família.

De Luanda, Hilária diz estar emocionada, porque é “a primeira vez que vê um Papa”.

Sobre Francisco, a jovem angolana diz que o Papa “tem tudo” e que “transmite muita paz”.

“É um Papa de esperança, que passa essa palavra de união acima de tudo”, diz Hilária, afirmando acreditar que este Papa está a fazer voltar as pessoas ao catolicismo.

O Papa estará hoje e sábado em Fátima para celebrar o centenário das "aparições" de 13 de maio de 1917 e para canonizar os beatos Francisco e Jacinta Marto.

Francisco é o quarto Papa a visitar Fátima. Os anteriores papas que estiveram em Fátima, o maior templo mariano do país, foram Paulo VI (1967), João Paulo II (1982, 1991, 2000) e Bento XVI (2010).

Hoje, após o jantar, às 21:30, Francisco preside à cerimónia da bênção das velas e da recitação do terço na Capelinha das Aparições.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.