Com 280 novos casos por 100 mil habitantes nos últimos sete dias, o concelho da Ribeira Grande mantém-se sujeito às medidas mais restritivas de contenção da pandemia de covid-19 nos Açores, revelou hoje o diretor regional da Saúde, Berto Cabral, numa conferência de imprensa, em Angra do Heroísmo.

Ainda na ilha de São Miguel, Vila Franca do Campo, com 62 novos casos por 100 mil habitantes, baixa de alto para médio risco, enquanto o Nordeste, que apresentou 20 novos casos por 100 mil habitantes, baixa de alto para muito baixo risco.

As medidas anunciadas na semana passada vigoravam até dia 11 de junho, mas a resolução previa uma alteração caso o nível de risco diminuísse, o que acontece neste dois casos.

Os concelhos de Ponta Delgada e Lagoa, na ilha de São Miguel, registaram um aumento de casos, com Ponta Delgada a subir de médio para médio alto risco e Lagoa de baixo para médio risco, mas vão manter as medidas definidas na semana passada.

“No Nordeste e em Vila Franca do Campo, onde o nível de risco baixou, as medidas serão as correspondentes ao nível de risco, neste caso, no Nordeste muito baixo risco e em Vila Franca do Campo médio risco. Em mais nenhum concelho será alterado o nível de risco”, afirmou Berto Cabral.

O concelho da Povoação, na ilha de São Miguel, que não registou novos casos esta semana, mantém-se em muito baixo risco, à semelhança dos restantes concelhos dos Açores.

Já a vila de Rabo de Peixe, no concelho da Ribeira Grande, vai manter-se com medidas mais restritivas do que as definidas para o nível de alto risco de transmissão, até 11 de junho, apesar de ter registado uma redução de novos casos.

“A situação epidemiológica em Rabo de Peixe ainda merece preocupação, apesar de que os números esta semana já são melhores do que os da semana passada”, adiantou o diretor regional da Saúde.

Entre as medidas previstas em exclusivo para esta localidade está a proibição de circulação na via pública, em qualquer horário, salvo nas exceções previstas na lei, e a adoção do regime de ensino à distância, exceto no primeiro e segundo ano e nas disciplinas sujeitas a exame nacional no 11.º e 12º anos.??????????????

Ainda assim, a Autoridade de Saúde Regional decidiu abrir uma exceção e permitir a participação de uma equipa de futebol de juniores masculinos e de uma equipa de voleibol de seniores masculinos, da vila de Rabo de Peixe, em competições desportivas este fim de semana, por serem jogos em fases finais e decisivas.

“Foi nosso entendimento que tirar o mérito desportivo e a oportunidade de competir em provas decisivas nos respetivos campeonatos não faria sentido”, justificou Berto Cabral, ressalvando que atletas, dirigentes e equipas técnicas vão ser “testados antes das competições”.

Entre 28 de maio e 03 de junho, a vila de Rabo de Peixe, que tem cerca de 10 mil habitantes, registou 45 novos casos de infeção por SARS-CoV-2, menos 16 do que na semana anterior.

São agora 75 os casos ativos na vila, que na semana passada registava 116 casos ativos.

Os Açores têm atualmente 279 casos ativos de infeção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19, todos em São Miguel.

Desde o início da pandemia foram diagnosticados na região 5.653 casos de infeção, tendo ocorrido 5.211 recuperações e 33 mortes. Saíram do arquipélago sem terem sido dadas como curadas 79 pessoas e 51 apresentaram comprovativo de cura anterior.

A avaliação do nível de risco nos Açores tem por base um modelo alemão, de semáforos, e é calculado em função do número de novos casos de covid-19 por 100 mil habitantes num período de sete dias.

Existem cinco níveis de risco: muito baixo (menos de 25 casos por 100 mil habitantes), baixo (entre 25 e 49 casos por 100 mil habitantes), médio (entre 50 e 74 casos por 100 mil habitantes), médio alto (entre 75 e 99 casos por 100 mil habitantes) e alto (mais de 100 casos por 100 mil habitantes).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.