"A Unidade de Controlo Costeiro (UCC), através do Subdestacamento de Controlo Costeiro de Setúbal, no dia 5 de março, apreendeu uma rede de pesca, com o valor estimado de 100 mil euros, usada para capturar 4.950 quilos de sardinha no dia 23 de fevereiro, no Porto de Pesca de Sesimbra", lê-se em comunicado enviado às redações pela GNR.

Após a apreensão das quase cinco toneladas de sardinha, "os militares da Guarda encetaram diligências policiais que culminaram com a apreensão de uma arte de pesca com 500 metros de comprimento e uma altura de 100 metros, que foi utilizada na captura indevida desta espécie". Desta forma, "encontra-se interdita a captura, manutenção a bordo e descarga deste recurso marítimo".

A GNR informa ainda que "a arte de pesca foi retirada da embarcação e, posteriormente, selada na presença do proprietário, tendo este sido ainda notificado que não poderá alterar o estado, utilizar, alienar, destruir, danificar ou inutilizar por qualquer forma o objeto, sob pena de incorrer na prática de um crime de desobediência".

A operação contou com a colaboração dos inspetores da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.