Em comunicado, a Unidade de Controlo Costeiro de Matosinhos da GNR refere que os 2.100 quilogramas de pescado foram hoje apreendidos "por irregularidades na documentação apresentada pelo proprietário, de 30 anos, sobre o procedimento da apanha”.

“Indiciavam que o apanhador não estaria licenciado para o efeito, tendo a infração sido detetada no decorrer de uma ação de fiscalização a viaturas de transporte de mercadorias”, acrescenta.

Contactado pela agência Lusa, o comandante do Destacamento de Controlo Costeiro de Matosinhos, capitão Énio Silva, esclareceu que a apreensão foi feita na autoestrada A3, na zona do Grande Porto.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.