A lista é composta por Carlos Humberto (ex-presidente Câmara Municipal do Barreiro - CDU), João Pedro de Campos Domingues (antigo vice-presidente da Câmara Municipal de Loures - PS), Filipe Eduardo Miranda Ferreira (antigo autarca da Amadora - PSD), Emanuel de Jesus Colaço Costa (técnico superior da Administração Local), e por Carlos Alberto Picanço dos Santos (antigo vereador da Câmara Municipal da Moita - CDU).

De acordo com a presidente da Assembleia Municipal de Lisboa, foram 51 os deputados eleitores, dado que os 24 presidentes das Juntas de Freguesia que têm assento neste órgão não foram chamados a este votação.

No total, a Assembleia Municipal de Lisboa conta com 75 eleitos.

Contados os votos, a lista composta por um candidato a primeiro secretário, e quatro candidatos a secretários metropolitanos, contou com 10 votos contra, um voto em branco, um voto nulo e 39 votos favoráveis.

Os eleitos diretos das 18 assembleias municipais da Área Metropolitana de Lisboa (AML) têm de aprovar a lista com os nomes propostos para a Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa.

Para ser aprovada, a lista proposta terá de obter a maioria dos votos favoráveis em pelo menos metade das assembleias municipais, sendo que estes votos têm de ser representativos da maioria dos eleitores da AML.

Constituem a AML os municípios de Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.