As autoridades do distrito de Xicheng informaram na sua conta oficial nas redes sociais que três das crianças se encontram gravemente feridas, mas não correm risco de vida e estão a receber tratamento hospitalar.

A mesma fonte detalhou que o suspeito foi preso no local e foi lançada uma investigação, mas não informou qual foi a arma utilizada.

A Escola Primária Afiliada No. 1 da Escola Normal de Xuanwu foi fundada em 1908, segundo o seu portal oficial. O estabelecimento tem 2.537 alunos e 199 professores.

Várias escolas na China reforçaram a segurança, desde que, em 2010, quase vinte crianças foram mortas à porta das escolas, em ataques com faca.

Estes incidentes são normalmente protagonizados por pessoas com problemas psicológicos ou ressentimentos com a sociedade.

Em abril passado, um homem armado com uma faca matou sete estudantes e feriu 19, quando os jovens regressavam a casa, no norte do país.

A lei chinesa proíbe rigorosamente a venda e posse de armas de fogo, pelo que os ataques são geralmente feitos com facas, explosivos de fabrico artesanal ou por atropelamento.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.