As bandeiras brancas que assinalam a Marcha Civil por Alepo começaram a ser sopradas por um vento frio e sob um céu encoberto no antigo Aeroporto de Tempelhof, de onde partiram para a Síria.

Os organizadores dizem que esperam cobrir cerca de 20 quilómetros por dia e demorar cerca de três meses e meio a fazer o caminho desde a Alemanha e passando pela República Checa, Áustria, Eslovénia, Croácia, Sérvia, Macedónia, Grécia e Turquia.

Alguns apenas farão parte do caminho e outros estão convidados a juntarem-se ao cortejo.

Têm como objetivo, pelo menos, chegar à fronteira com a Síria, mas, se possível, ir até Alepo, o palco dos combates mais violentos na guerra que se arrasta no país.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.