Em declarações à agência Lusa, o comandante da Capitania de Caminha, Pedro Costa, adiantou que o jovem, de 23 anos, "ainda não foi encontrado, sendo que as buscas vão continuar até que a luminosidade o permita".

Pedro Costa adiantou que "a família do jovem se encontrava no cais de Vila Nova de Cerveira, a acompanhar a prova". Desconhecem-se as causas do desaparecimento.

O presidente da Câmara de Vila Nova de Cerveira, Fernando Nogueira, que se encontra no local a acompanhar as operações de busca, explicou que "a primeira parte da prova incluía a travessia do rio Minho, entre o Espaço Fortaleza, em Goián, na Galiza, e o parque de transição no Cais do Rio Minho, em Vila Nova de Cerveira".

"No primeiro terço da prova, o jovem deixou de ser visto nadar. Os meios de socorro iniciaram de imediato as buscas, mas sem sucesso", especificou Fernando Nogueira.

O autarca explicou que as operações de busca envolvem meios da Polícia Marítima, da Comandância Naval de Tui, um meio aéreo do Salvamento Marítimo de Espanha, os bombeiros de Vila Nova de Cerveira e das federações portuguesa e galega da modalidade.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Viana do Castelo, o alerta foi dado pelas 15:45 horas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.