De acordo com a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), a ponte está “interdita” devido a uma “avaria imprevista” registada na sexta-feira “ao final da noite”, que está a levar ao desvio do tráfego automóvel para “o viaduto da A28”.

A “reparação vai ser efetuada assim que o estado do tempo o permita, no decorrer dos próximos dias” e, até lá, a APDL assegura o transporte gratuito de passageiros com autocarros a circular de “dez em dez minutos” durante o dia.

“O transporte de passageiros entre as margens será feito através de autocarros alugados para o efeito, que vão funcionar ao longo de 24 horas”, com passagens de dez em dez minutos, durante o dia (entre as 07:00 e as 22:00) e de 20 em 20 minutos, durante a noite (entre as 22:00 e as 07:00).

As paragens deste transporte localizam-se, em Matosinhos, no acesso nascente à Ponte Móvel (junto à paragem da Resende) e, em Leça da Palmeira, por baixo da Ponte (junto à paragem dos STCP), indica a APDL.

O tráfego automóvel está a ser “canalizado para o viaduto da A28”, acrescenta.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.