Segundo a mesma fonte, pelas 20:25 poderiam existir ainda “três ou quatro semáforos intermitentes” mas a situação encontrava-se “praticamente normalizada”.

Uma avaria no sistema de semáforos do Porto condicionou o trânsito desde as 17:40, tendo o “principal problema” sido detetado na Rotunda da Boavista, para onde foi destacada Polícia Municipal.

Atualmente, “o Porto tem um sistema de gestão de tráfego obsoleto e desatualizado”, e que inclui ‘software’ de 1993, sendo que a Câmara do Porto tem contratualizada a sua manutenção até ao final de 2017.

A pensar na sua substituição, está lançado um concurso, a ser publicado quinta-feira em Diário da República, para “instalação no Porto de um sistema avançado e moderno que vai custar 10 milhões de euros e que será implementado nos próximos cinco anos”, anunciou a autarquia.

“Nos próximos cinco anos vai dar-se uma revolução completa no sistema de controlo do tráfego do porto, com possibilidade de intervenção remota nos sistemas [e] monitorização com câmaras”, explicou a mesma fonte, acrescentando que o novo sistema “será totalmente compatível (…) com o centro de gestão integrada” inaugurado na passagem de ano.

O novo sistema obrigará “à instalação de equipamentos em toda a cidade e que trará ganhos enormes”, assinalou.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.