Um porta-voz do organismo indonésio de busca e resgate, informou, em conferência de imprensa, que o Boeing, da companhia aérea Sriwijawa Air, se despenhou no Mar de Java, poucos minutos depois de descolar do Aeroporto Internacional Sukarno-Hatta, na capital indonésia, com destino a Pontianak, capital da província de West Kalimantan, na ilha Indonésia de Bornéu.

A agência de notícias espanhola Efe acrescenta que a polícia instalou, por seu lado, "um posto de identificação de cadáveres num hospital de Jacarta oriental", para onde se estão a deslocar as famílias e os amigos das vítimas.

Para o local onde caiu o avião, segundo a agência de notícias francesa France Press, estão a ser enviados barcos de busca e salvamento.

O ministro da Indonésia dos Transportes, Adita IraWati, indicou, anteriormente, que o Boeing 737-500, da companhia aérea Sriwijawa Air, descolou de Jacarta às 13:56 locais (06:56 horas em Portugal continental) e às 14.40 horas locais (07:40 horas em Portugal continental), 46 minutos após a descolagem, perdeu o contacto com o Controlo de Tráfego Aéreo.

"O desaparecimento do avião está em investigação e a ser coordenado pela Agência Nacional de Busca e Resgate e pelo Comité Nacional de Segurança nos Transportes", revelou Irawati, em comunicado citado pela agência de notícias norte-americana Associated Press (AP).

Também em comunicado, a companhia aérea Sriwijawa Air referiu, entretanto, que o avião fazia um voo estimado de 90 minutos, de Jacarta a Pontianak, capital da província de West Kalimantan, na ilha Indonésia de Bornéu.

A bordo levava 56 passageiros e seis tripulantes, acrescenta a empresa.

(Artigo atualizado às 14:24)

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.