Segundo a mesma fonte à agência Lusa, os ocupantes da aeronave – de quatro lugares - “são de nacionalidade estrangeira, possivelmente inglesa”.

A Europa Press e a imprensa basca informam que o corpo de um dos tripulantes terá sido encontrado pela Ertzaintza, o corpo de polícia do País Basco, assim como os destroços da avioneta, modelo Piper, completamente queimados.

A mesma fonte confirmou junto do Departamento de Segurança do Governo Basco que a aeronave caiu quando se dirigia para Hondarribia.

A polícia basca recebeu um aviso às 13:50 (12:50 em Lisboa) de que uma aeronave privada tinha cessado o contacto, tendo a sua última posição registada sido o Monte Hernio, perto de Errezil, província de Gipuzkoa.

Chamada para investigar a zona montanhosa, Ertzaintza encontrou os destroços da aeronave e um dos corpos (cuja identidade ainda não foi revelada pelas autoridades) por volta das 15:30 locais (14:30 em Lisboa), estando à procura do segundo tripulante, avança o Diário Vasco.

O aeródromo de Errezil tinha sido avisado de uma explosão no monte Ernio, pouco antes das 14:00 (13:00 em Lisboa).

Os trabalhos de busca estão a ser dificultados por uma forte névoa que se verifica no monte.

Contactado pelo SAPO 24, o aeródromo de Tires, em Cascais, não confirmou qualquer tipo de informação, remetendo esclarecimentos para um responsável que se encontra, de momento, ausente do local.

Esta quinta-feira, foram retomadas as buscas pelo segundo tripulante. As autoridades contam com a ajuda da unidade canina.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.