Num jogo em que cedo perdeu Sergio Busquets, por lesão, o ‘Barça’ chegou ao intervalo na frente, graças a um golo de Denis Suárez, o eleito de Luis Enrique para substituir o ‘5’, sendo que foi o croata Rakitic a atuar à frente da defesa.

Aos 50 minutos, o argentino Lionel Messi, que na primeira parte fez uma série de assistências não aproveitadas pelos companheiros, resolveu, praticamente, o encontro, ao marcar o segundo dos catalães, com Piqué no banco.

O uruguaio Luis Suárez fez a assistência para o tento de Messi e, após um roubo de bola ao francês Floria Lejeune, apontou o terceiro, aos 68 minutos. Já nos descontos, aos 90+1, Neymar também faturou, servido por Aleix Vidal.

Com os golos em Eibar, Messi e Suaréz continuam juntos na liderança dos marcadores, agora com 15 tentos, contra 12 de Cristiano Ronaldo.

O avançado internacional português ficou sábado em ‘branco’ na receção ao Málaga, mas o Real Madrid venceu por 2-1, com um ‘bis’ de Sergio Ramos, e segurou a liderança.

Os ‘merengues’ somam 43 pontos, contra 42 do Sevilha, que, na manhã de hoje, venceu por 4-3 no reduto do Osasuna, acabando a primeira volta com um recorde de 42 pontos.

Os anfitriões, que seguem no 20.º e último lugar e ainda não venceram em casa, chegaram duas vezes à vantagem, por Sergio León, aos 15 minutos, e um autogolo de Iborra, aos 63, mas a formação sevilhana recuperou, com um ‘bis’ do mesmo Iborra, aos 43 e 65, e um tento de Vázquez, aos 80.

Nos descontos, o conjunto orientado por Jorge Sampaoli voltou a marcar, por Pablo Sarabia, aos 90+3 minutos, tendo o Osasuna reduzido, no minuto seguinte, por Kenan.

A equipa de Daniel Carriço acumula cinco vitórias consecutivas na Liga, depois dos triunfos caseiros diante de Real Madrid (2-1) e Málaga (4-1) e como visitante diante de Real Sociedad (0-4) e Celta Vigo (0-3).

Também hoje, o Atlético de Madrid ficou mais longe dos primeiros, ao empatar a dois golos no reduto do Athletic de Bilbau.

A formação ‘colchonera’ começou, praticamente, a ganhar, graças a um golo de Koke, aos três minutos, mas os locais deram a volta ao resultado, com tentos de Lekue, ainda na primeira parte, aos 42, e de Oscar De Marcos, já na segunda, aos 56.

A 10 minutos do final, o conjunto de Diego Simeone ainda conseguiu, porém, salvar um ponto, graças a um tento do francês Antoine Griezmann.

Na classificação, o Atlético de Madrid, quarto classificado, segue agora a oito pontos do líder Real Madrid, sete do Sevilha e seis do FC Barcelona, sendo que foi alcançado pela Real Sociedad, quinta.

A formação basca venceu por 1-0 na receção ao Celta de Vigo, graças a um golo de Juanmi, aos 72 minutos, num dia em que Bétis e Sporting de Gijón empataram a zero em Sevilha.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.