“Quero viajar para a República Democrática Popular da Coreia e reunir-me com a sua excelência Kim Jong-un”, referiu Bashar al-Assad ao novo embaixador norte-coreano em Damasco, Mun Jong-nam.

A realizar-se, será a primeira vez que Kim Jong-un recebe um Presidente no seu país.

Entre março e abril, o líder norte-coreano reuniu-se na China duas vezes com o Presidente chinês, Xi Jingping, após as tensões provocadas pelo apoio de Pequim à aplicação de sanções económicas da ONU a Peyongyang.

Está ainda previsto que a 12 de junho se realize um encontro entre Kim Jong-un e o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, onde deverá debater-se a possibilidade de desnuclearização da Coreia do Norte.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.